Considerado o pai da medicina, Hipócrates defendia que as doenças têm uma causa natural que abalam a harmonia das forças naturais do organismo, sendo função do médico auxiliar para o restabelecimento desta harmonia.

Diante destes estudos sobre as forças naturais, foi ele também quem enunciou pela primeira vez um dos princípios da Homeopatia, o Princípio da Similitude: similia similibus curantur , ou seja, semelhantes curados pelos semelhantes.

Foi Christian Samuel Hahnemann (1755-1843), menino de origem humilde, nascido em Meissen na Alemanha, quem deu início a história da homeopatia.

Formado em medicina na cidade de Leipzig, Hahnemann dedicou-se desde o início de sua profissão ao cuidado de doentes, porém, questionava os métodos de tratamento da época por serem bastante primitivos, levando muitas vezes os pacientes à morte.

Diante dessa situação, Hahnemann acabou abandonando a medicina em 1787 e passando a viver de traduções de obras científicas. Foi quando, em 1790, estava traduzindo o livro “Matéria Médica”, de um conceituado médico escocês, Dr. Cullen, tendo conhecimento de que este médico tinha sucesso ao tratar a malária com cascas de quina (Cinchona officinalis) planta conhecida por baixar a febre.

Como a malária tem como principal característica uma febre alta de “queimação”, e o próprio Hahnemann já havia passado por esta situação, quis experimentar novamente a planta e mais uma vez observou a ardência no estômago. A partir disso, o médico concluiu imediatamente: “substâncias que provocam uma espécie de febre cortam as diversas variedades de febre intermitente” ou seja, “a febre cura a febre”. Após este episódio, Hahnemann experimentou outras substâncias e observou que os sintomas que surgiam eram correspondentes aos sintomas das doenças que as substâncias curavam.

Em 1796, Hahnemann publicou seu “Ensaio sobre um Novo Princípio para Descobrir as Virtudes Curativas das Substâncias Medicinais” e este mesmo ano é considerado como o da sistematização da Medicina Homeopática e da Lei dos Semelhantes. Hahnemann retornou a prática médica utilizando tal Lei, tratando o paciente, e não sua doença.

Em 1810, publicou o “Organon da Arte de Curar”, nele Hahnemann expôs a teoria do seu método terapêutico, estabelecendo regras para o exame dos pacientes e desta forma a Homeopatia.

Nascido em 19 de fevereiro de 1914 em Cerro Azul no Paraná, Dr. Waldemiro Pereira é um dos mais conhecidos e estimados homeopatas que o País já teve.

Com apenas 12 anos de idade, iniciou suas atividades na única farmácia homeopática da capital paranaense. Em 1933, já como farmacêutico homeopata, este mesmo estabelecimento passou a lhe pertencer e mais tarde recebeu o nome de “Farmácia Nacional de Homeopatia”, marcando o início de uma história de muito trabalho e dedicação.

Seguindo suas crenças e valores, retornou aos estudos em 1944 na Universidade Federal do Paraná, onde obteve o grau de Doutor em Medicina e Especialista em Homeopatia, área em que se destacou durante toda sua vida.

Em sua homenagem, em 10 de abril de 1977, seus filhos Dicesar Waldemiro Caram Pereira e Washington Luis Pereira, inauguraram a primeira clínica homeopata de Curitiba, a Clínica “Dr. Waldemiro Pereira Homeopatia”, o que deu início a uma nova etapa de trabalho e crescimento da homeopatia no Paraná e no Brasil.

A Dr. Waldemiro Pereira possui diversos setores que funcionam integradamente em prol da homeopatia.

No Laboratório são produzidos todos os medicamentos da empresa. Em constante atualização tecnológica e em qualidade de produção, a unidade prima pela qualidade de cada substância utilizada. Assim acontece com a água e o álcool, primordiais para a qualidade dos medicamentos. Na Dr. Waldemiro Pereira, esses líquidos são mantidos sob um grau elevadíssimo de pureza, acima dos padrões do mercado.

A Botica Homeopática possui três sedes localizadas na cidade de Curitiba. Elas atendem a população disponibilizando toda a linha de medicamentos Dr. Waldemiro Pereira, além de vasta opção de medicamentos naturais e manipulação de todos os tipos de medicamentos.

A Clínica Homeopática, por sua vez, disponibiliza o serviço de uma equipe de médicos especialistas em homeopatia para adultos e crianças em todos os dias da semana.

Por fim, no Instituto Homeopático, o Laboratório disponibiliza salas para cursos e treinamentos estimulando a formação de profissionais que possam dar continuidade à busca pelas melhores condições da saúde humana. Atitudes que confirmam o comprometimento da empresa com a evolução do conhecimento e da ciência homeopática.

Anúncios