A quantidade de medicamento pode ser expressa em peso, volume ou unidade. Por exemplo:

  • 10 g ou 120 tabletes;
  • 15 ml;
  • 3 papéis.

Quanto a apresentação, o medicamento homeopático pode ter as seguinte formas:Forma líquida

  • Para ser tomado em gotas, vem preparado em solução hidroalcóolica, que pode ou não ser diluída em água, na hora de tomar.
  • As doses únicas, são preparadas em água destilada ou solução hidroalcóolica, par ser tomada diretamente do frsaco ou conforme determinação médica.

Forma sólida

  • Glóbulos são grânulos de sacarose, que é o açúcar da cana-de-açúcar. Seu tamanho depende da padronização da farmácia. Devem ser chupados como balas.
  • Tabletes e comprimidos são preparações com lactose, o açúcar do leite. Variam de tamanho, de acordo com a padronização das farmácias. Os tabletes são facilmente dissolvidos na boca, enquanto os comprimidos levam mais tempo.
  • Pós (tabletes) são preparados em lactose e acondicionados em papelotes. Basta colocar o conteúdo do papel na boca, ou dissolver em um pouco de água.

O efeito terapêutico se mantém nas diferentes apresentações homeopáticas. As circunstâncias é que determinam a preferência.

O prazo de validade, dos medicamentos homeopáticos, ainda está em estudos para todas as formas, salvo a solução aquosa ou alcoolizada até 30%, estas deverão apresentar prazo de validade que garanta a qualidade de soluções perecíveis.

Ao fazer uso de um medicamento homeopático, certifique-se de que o líquido está límpido e os glóbulos, comprimidos, tabletes e papéis, sem alteração de cor e consistência e soltos.

Estas informações são divulgadas no Manual do Consumidor de Homeopatia elaborado pela ABFH (Associação Brasileira dos Farmacêuticos Homeopatas), que congrega os profissionais homeopatas da área de farmácia.

 
Anúncios