Verrugas genitais afetam homens e mulheres
.
São contagiosas e quando começam a aparecer o corpo, a recomendação é procurar orientação médica.
As verrugas genitais são popularmente chamadas de crista de galo. Provocadas por um vírus, o papilovirus humano ou HPV, são normalmente transmitidas por relação sexual.

Caracterizam-se por lesões moles, pequenas, de coloração rósea ou acinzentada, que crescem rapidamente em forma de pêndulo. Quando agrupadas podem ter a forma de couve-flor.

No homem, normalmente estão localizadas no pênis. Na mulher, na vulva, vagina e colo do útero. Também, podem ocorrer no ânus, reto e períneo – espaço que, no homem está compreendido entre a raiz do pênis e o ânus e, na mulher entre a porção mais inferior dos grandes lábios e o ânus.

Alguns desses vírus estão associados ao câncer de colo de útero. Neste caso, se a mulher fizer o exame ginecológico e o tratamento adequado, não haverá problema.

Essas verrugas são extremamente contagiosas. Portanto, ao notá-las em seu corpo, procure orientação médica e evite as relações, a não ser com preservativos.

OBS: O medicamento Thuya occidentallis é um dentre tantos outros que pode ser empregado no tratamento do HPV, pois como na Homeopatia cada caso é um caso, emprega-se o medicamento que mais se assemelha ao quadro de cada doente.

Texto adaptado pelo Dr. Marcos Dias de Moraes do jornal VIVA MELHOR da Petros – Ano XII, no 12, dez/2002

Esta página foi editada por Dr. Marcos Dias de Moraes e faz parte do projeto Divulgando a

Anúncios