Encontramos um site muito interessante cuja responsável pela pesquisa, Verônica Pimenta Velloso, nos mostra nossa história. Em seu trabalho Dicionário Histórico-Biográfico das Ciências da Saúde no Brasil – FioCruz podemos ver sua origem e desenrolar de muita história.

As faculdades, ao que parece, foram criadas nesta ordem:

– A Escola Suplementar de Medicina e Instituto Homeopático de Saí, instalados em novembro de 1842, na região do Saí, no Estado de Santa Catarina, foram as primeiras instituições de Homeopatia a serem implantadas no Brasil pelo francês Benoit Jules Mure.

– A Faculdade de Medicina Homeopática do Rio de Janeiro foi criada no dia 10 de abril de 1912, funcionando inicialmente num sobrado na rua do Hospício, atual Buenos Aires, na cidade do Rio de Janeiro. Alguns dos seus fundadores eram membros do Instituto Hahnemanniano do Brasil.
Faculdade Hahnemanniana, Escola de Medicina e Cirurgia do Instituto Hahnemanniano, Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, Escola de Medicina e Cirurgia da Federação das Escolas Federais Isoladas do Estado da Guanabara, Escola de Medicina e Cirurgia da Federação das Escolas Isoladas do Estado do Rio de Janeiro, Escola de Medicina e Cirurgia da Universidade do Rio de Janeiro.

– A Faculdade de Medicina Homeopática do Rio Grande do Sul foi fundada em janeiro de 1914, tendo sido instalada à rua Riachuelo, na cidade de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul.

– A Escola Médico-Cirúrgica de Porto Alegre foi criada, em fevereiro de 1915, na cidade de Porto Alegre, como desdobramento da Faculdade de Medicina Homeopática do Rio Grande do Sul, absorvendo parte de seus alunos, além de ter herdado posteriormente o acervo patrimonial da extinta Faculdade de Ciências Médicas.

Já outras instituições homeopáticas assim foram nascendo
– O Instituto Homeopático do Brasil foi criado no dia 10 de dezembro de 1843 no município da Corte, pelo médico homeopata francês Benoit Jules Mure com fins de propagar a Homeopatia em favor das classes pobres, ficando sediado na rua São José, n.59, na cidade do Rio de Janeiro.

– A Escola Homeopática do Brasil foi criada por membros do Instituto Homeopático do Brasil, destacando-se entre eles os homeopatas João Vicente Martins e Benoit Jules Mure. Tinha por fim propagar a Homeopatia de Samuel Christian Friedrich Hahnemann, autor do livro “Organon da arte de curar”, publicado em Dresden, 1810. Os seus estatutos foram aprovados em 12/01/1845, ficando instalada no mesmo endereço do Instituto, à rua São José, n.59, na cidade do Rio de Janeiro.Entre 1858 e 1882, manteve-se fechada sendo reaberta neste último ano, com a denominação de Escola Livre de Medicina Homeopática, segundo notícia divulgada pelo Jornal do Commércio, não sabendo-se a data precisa de seu término.

– O Instituto Panecástico do Brasil foi fundado em 3 de maio de 1847, na cidade do Rio de Janeiro, pelo homeopata francês Benoit Jules Mure, presidente do Instituto Homeopático do Brasil e diretor da Escola Homeopática do Brasil.

– O Instituto Hahnemaniano Fluminense foi criado em data incerta, na cidade do Rio de Janeiro. Desde o ano de 1876 o Instituto já era mencionado em trabalhos sobre a história da Homeopatia no país e em periódicos.

Anúncios